quarta-feira, 27 de abril de 2016

A TRAVESSIA

Boa noite trazendo hoje a resenha do livro A Travessia para vocês.
Então vamos lá.
 

Título: A Travessia
Título original: Cross Roads
Autor: William P.Young
Editora: Arqueiro
Nº de páginas: 238
Onde comprar: Saraiva


  SINOPSE:

Um derrame cerebral deixa Anthony Spencer, um multimilionário egocêntrico, com coma. Quando "acorda", ele se vê em um mundo surreal habitado por um estranho, que descobre ser jesus, e por uma idosa que é o Espírito Santo.

À sua frente se descortina uma paisagem que lhe revela toda a mágoa e a tristeza de sua vida terrena. jamais poderia ter imaginado tamanho horror. Debatendo-se contra um sofrimento emocional insuportável, ele implora por uma segunda chance.
Sua prece é ouvida e ele é enviado de volta à Terra, onde viverá uma experiência de profunda comunhão com uma série de pessoas e terá a oportunidade de reexaminar a própria vida.
Nessa jornada, precisará "enxergar" através dos olhos e conhecer suas visões de mundo, suas esperanças, seus medos e seus desafios.
Na busca de redenção, Tony deverá usar um poder que lhe foi concedido; o de curar uma pessoa. Será que ele terá coragem de fazer a escolha certa?

RESENHA:

Anthony ou simplesmente Tony, trata-se de um homem rude, frio, ambicioso, desprezível e extremamente arrogante. Conseguiu muitos bens materiais na vida, porém sua alma era vazia de tudo.
Tony perdeu sua mãe que era a pessoa em que mais confiava quando criança, tendo que ser adotado e separado de seu irmão mais novo, o que consequentemente deixou marcas irreparáveis em sua alma e em seu coração.

Ele não acredita em um Deus superior, e muito menos em uma vida após a morte, e após sofrer um derrame, que o deixa em coma, se vê em um lugar estranho e surreal, um lugar que nunca imaginaria existir.
Tony se ver em um espaço ' físico ' semelhante ao seu coração, onde nesse lugar escuro foi construído muros altíssimos quase que um refúgio, neste lugar ele encontra "jesus" , " Deus", e o "Espírito Santo."

Começa aí uma busca incansável para tentar mudar o seu ego e ele passa por grandes transformações, à medida que é enviado com uma missão de curar uma pessoa, Tony entra na mente das pessoas, à partir daí a estória começa a se desenrolar com uma pitada de humor.

A parte que achei mais interessante do livro foi quando ele entrou na mente de um adolescente  com síndrome de down, onde o mesmo fez Tony sentir a necessidade de ter um amigo verdadeiro e lhe mostrou a pureza do amor.

É um livro com um belo ensinamento onde mostra que mágoas, rancor e bens materiais não nos leva a nada e com certeza quem gostou de A Cabana irá gostar desse também.

Bjus e até a próxima resenha.
  

domingo, 24 de abril de 2016

LIVRO DE RECEITAS TEM CRIANÇA NA COZINHA

Olá leitores, hoje trago para vocês mais um livro lindooo de receitas que tenho na minha cozinha: TEM CRIANÇA NA COZINHA! Alguém conhece , esse livro é lindo, por fora e por dentro.

Tem Criança na cozinha é um programa nfantil culinário criado por Luís Igreja.  No ínicio os apresentadores eram: Luísa Giesteira , Eduardo Martins  e Luigi Montez de  . Atualmente é exibida apenas no Gloob (tv à cabo).
Atualmente em nova temporada os apresentadores são; Drico, Lara e Thiago, e para eles está na cozinha é uma brincadeira para lá de gostosa.
É um programa onde eles ensinam várias receitinhas, e o gostoso de tudo isso é que eles falam a sua origem e se caracterizam de acordo com a receita ensinada, é um programa super educativo o qual eu não perco um dia, sem contar no cenário lindo e maravilhoso que eu já adaptei para mina cozinha né, claro!
Super recomendo esse super livro, ah e não é só para criança não viu, mas se a mamãe quiser presentear seus filhos é uma ótima opção, claro que você irá participar junto com eles né!!

A capa é essa que por fora dá uma impressão que é brochura, mas por dentro ele é encadernado.

As fotos são de ótima qualidade de impressão.





As receitas bem explicadinhas.



Ah e tem ótimas dicas tambem, curiosidades e no final do livro tem duas cartelas de adesivos bem legais.





Por hoje é só, ótimo domingo e amanhã tem resenha por aqui!

sexta-feira, 22 de abril de 2016

RECEITA DO PONCHE DA BELA E A FERA

Boa tarde leitores que são apaixonados por Receitas e Contos de Fada! E que tal as duas coisas juntas! Demais não é?!
Como havia prometido em posts anteriores ,hoje vou postar a receita do livro : A Cozinha  Encantada dos Contos de Fadas.

E hoje a receita é: O ponche da Bela e a Fera.

Mas antes de passar a receita que tal um resumo da história para relembrar.


A BELA E A FERA  



QUANDO O PAI DE TRÊS GAROTAS FOI VIAJAR, PERGUNTOU ÀS FILHAS O QUE QUERIAM DE PRESENTE. AS DUAS MAIS VELHAS PEDIRAM ROUPAS,MAS A CAÇULA NÃO QUERIA DAR TRABALHO A ELE. COMO O PAI INSISTIU, ELA ACABOU PEDINDO APENAS UMA ROSA. E LÁ FOI O HOMEM PARA SUA VIAGEM. JÁ NA VOLTA, ELE LEMBROU-SE DA ROSA E ,QUANDO PASSOU PELO JARDIM DE UM BELO PALÁCIO , RESOLVEU RETIRAR UMA, A MAIS BELA, PARA A FILHA. "QUEM OUSA ARRANCAR MINHA ROSA?", GRITOU UMA VOZ MUITO GROSSA. O HOMEM NÃO VIU NINGUÉM, MAS PEDIU DESCULPAS E EXPLICOU QUE ERA PARA A FILHA. ENTÃO A VOZ DISSE QUE, COMO CASTIGO PELO O QUE TINHA FEITO, TERIA QUE TRAZER A GAROTA PARA MORAR NO SEU PALÁCIO . QUANDO CHEGOU LÁ, FOI BEM TRATADA, MAS SENTIU UM FRIO NA ESPINHA AO CONHECER O DONO DO PALÁCIO, POIS ELE ERA UMA FIGURA AMEDRONTADORA: UMA VERDADEIRA FERA. PORÉM, COMO A FERA LHE TRATOU MUITO EDUCADAMENTE, RESOLVEU FICAR. A CADA DIA, A FERA SE REVELAVA MAS GENTIL, E A MOÇA FOI CRIANDO CARINHO POR ELA, ATÉ QUE, UM DIA, O HOMEM HORRÍVEL CONFESSOU SEU AMOR PELA GAROTA E PEDIU-LHE EM CASAMENTO. ELA LEVOU UM SUSTO E PEDIU A FERA QUE A DEIXASSE CONSULTAR O PAI E AS IRMÃS. ELE CONCORDOU, MAS AVISOU QUE SE ELA NÃO VOLTASSE EM SETE DIAS, MORRERIA DE TRISTEZA.
QUANDO CHEGOU EM SUA CASA, A MOÇA FICOU TÃO FELIZ QUE NEM SENTIU O TEMPO PASSAR. DEPOIS QUE PERCEBEU QUE UMA SEMANA JÁ HAVIA SE PASSADO,FICOU DESESPERADA. VOLTOU CORRENDO AO PALÁCIO E ENCONTROU A FERA SEMIMORTA, DEITADA AO LADO DA ROSEIRA. ENTÃO DESCOBRIU QUE O AMAVA. A MOÇA O BEIJOU E O ABRAÇOU, E SEU AMOR FEZ COM QUE UM ANTIGO FEITIÇO FOSSE QUEBRADO, TRANSFORMANDO A FERA NUM BELO HOMEM, COM QUEM A GAROTA SE CASOU ALGUM TEMPO DEPOIS.



AGORA SIM VAMOS A RECEITA:

 SUCO DE 7 LARANJAS
1/2  LITRO DE SUCO DE UVA CONCENTRADO ( O ORGÂNICO É MELHOR)
1/2  LITRO DE REFRIGERANTE DE GUARANÁ
1 COPO ( 200 ML) DE AGUÁ FILTRADA
3 MAÇAS LAVADAS E PICADAS EM PEDACINHOS PEQUENOS
3 COLHERES DE AÇÚCAR CRISTA
PEDRAS DE GELO Á GOSTO

COMO FAZER:

MISTURE OS LÍQUIDOS NUMA VASILHA GRANDE E MEXA.
POR ÚLTIMO COLOQUE OS PEDACINHOS DE MAÇA E GELO.
DEPOIS É SÓ SERVIR NUMA JARRA BONITA, OU NUMA PONCHEIRA, COM UMA CONCHA, PARA COLOCAR A BEBIDA NOS COPOS.



ESSE PONCHE É ÓTIMO, FIZ E APROVEI, EXCELENTE PARA SER SERVIDO EM FESTAS INFANTIS, HAVAIANAS E MEXICANAS.

ONDE COMPRAR O LIVRO :SARAIVA E COMPRE TAMBEM  NO : EXTRA








quarta-feira, 20 de abril de 2016

RESENHA DO LIVRO TEMPO SECO

BOA NOITE, GENTHE LINDA! HOJE TRAGO A RESENHA DO LIVRO : TEMPO SECO DA AUTORA E PARCEIRA CLARA ARREGUY.



Autora:  Clara Arreguy
Gênero: Romance
Formato: 15,5×22,5 cm
Páginas: 128


SINOPSE:
O livro Tempo Seco, da jornalista Clara Arreguy, é um romance de ficção com flashes do cotidiano, intermediado pelas histórias de taxistas, bons homens, gente que vive em Brasília e espera, sempre, por uma nova vida. Política, traição, violência e amizade, num só lugar.
                                   
Bom, o livro conta a história de Mirian que se mudou de Belo Horizonte para Brasília, sozinha, sem amigos e nem família, conquistou alguns amigos taxistas com quem pegava táxi todos os dias, pois a mesma não dirigia e dependia deles para ir a todos os lugares, já que Brasília é uma cidade que para melhor sobrevivencia, é preciso ter um carro.

Eram  nessas corridas de todo santo dia ,que Mirian ouvia as mais diversas histórias de seus taxistas, sobre política, família, casos amorosos e futebol.
Entre as idas e vindas de taxi, a história da mais ênfase a Nonato e Dorinha, (ambos também não são de Brasília, Nonato é gêmeos, seu irmão gêmeo não sobreviveu, conhecemos sua história do começo, meio e fim, suas lutas, suas conquistas, suas dores, ilusões, desilusões.
Dorinha por sinal, é a vilã da história , ambiciosa, apronta e desapronta com o pobre de Nonato.

  O livro relata a realidade de Brasília por meio de uma linguagem de simples compreensão, até mesmo quem não gosta de política, entenderá como já era discutido naquela época o que aconteceria com o  Brasil hoje com o Lula na política, sem deixar de frisar que essas histórias apesar de inventadas  são  o cotiano da vida de muitos  taxitas.
Enfim, é um livro pequeno com 126 paginas,  com histórias e fatos  de pessoas comuns sujeito á violência diária, retratando a realidade do nosso país.

Quando li o livro, em algumas cenas  me imaginei passando por Brasília naquele trânsito infernal, onde ninguem, respeita ninguém, sim já passei muito por Brasília à viagens e conheço bem o clima e trânsito de lá.,sei bem do que a autora está falando em algumas partes que se refere ao lugar.
Adorei a leitura.


Sobre a autora: 

Clara Arreguy é jornalista, escritora, Mineira morando em Brasília.
Escreveu também memórias Fafich( Editora Conceito 2005) e o romance Segunda Divisão Editora Lamparina,2005)








domingo, 17 de abril de 2016

A COZINHA ENCANTADA DOS CONTOS DE FADAS

BOA NOITE LEITORES, HOJE TRAGO PARA VOCÊS UM LIVRO PARA QUEM ASSIM COMO EU AMA CULINÁRIA.
É O LIVRO A COZINHA ENCANTADA DOS CONTOS DE FADAS ESCRITO POR KATIA CANTON.

O LIVRO TRAZ ALGUMAS DICAS  COMO HIGIENE E ORGANIZAÇÃO NA HORA DE PREPARAR OS PRATOS, DICAS DE ALIMENTOS E TRAZ TAMBEM A HISTORIA DA ORIGEM DA COMIDA...

AS RECEITAS SÃO BASEADAS NOS CONTOS DOS MAIORES NOMES DA LITERATURA OCIDENTAL: CHARLES PERRAULT, IRMÃOS GRIM E HANS CHRISTIAN ANDERSEN.

AS FOLHAS SÃO FOFINHAS ASSIM:


PRIMEIRO VEM A HISTORIA,  EM SEGUIDA  SEGUE A RECEITA , AS RECEITAS SÃO NESSE ESTILO:



É UM LIVRO PARA PESSOAS QUE ASSIM COMO EU SE RECUSAM A CRESCER ( SIM, SOU PETER PAN, ASSUMIDA) PARA PAIS LEREM PARA SEUS FILHOS E JUNTOS FAZEREM A RECEITA E ÓTIMO PARA PEDAGOGOS TRABALHAREM PROJETOS DE LITERATURA INFANTIL, COM CERTEZA SUA AULA SERÁ BEM ENRIQUECEDORA.

ESSE NÃO PODERIA FALTAR NA MINHA ESTANTE DE LIVROS CULINÁRIOS E NA SUA TAMBEM ! SUPER INDICO!

BOA NOITE EM BREVE RECEITINHAS DELE AQUI.
E QUE DEUS ABENÇOE NOSSA NAÇÃO!

sábado, 16 de abril de 2016

RESENHA DO LIVRO O QUE ME FAZ PULAR

OIEEE, BOA NOITE!

O que me faz pular
Naoki Higashida
Editora Intrínseca, 2014
192 páginas

Naoki Higashida sofre de autismo severo. Preso em seu mundo individual, muitas vezes ele exibe comportamentos vistos como estranhos, peculiares, “inadequados”. Seja repetindo palavras e frases aparentemente sem sentido ou evitando contato visual com outras pessoas, Naoki tem uma enorme dificuldade de se comunicar e de socializar.
Porém, graças à determinação da mãe e de uma professora, ele aprendeu a se expressar apontando as letras em uma espécie de teclado de papelão – e o que tem a dizer traz uma nova luz para a compreensão da mente autista.
A história de Naoki demonstra que, longe de serem insensíveis e indiferentes ao mundo, as pessoas com autismo são tão complexas quanto qualquer um de nós e dotadas de senso de humor, empatia e uma intensa imaginação.

O autor é um menino de apenas 13 anos de idade e portador da doença.  Naoki é um exemplo de força, determinação e esperança que lutou para seu sonho de ser escritor se tornar realidade. Ele teve ajuda de sua professora e sua mãe, que fizeram uma espécie de teclado, onde ele aponta as letras que quer dizer, formando palavras, frases, textos .
Os autistas não têm controle sobre seu próprio corpo: eles entendem o que você fala, entendem tudo o que acontece ao seu redor e, ao contrário do que muita gente pensa, eles crescem, evoluem e pensam da mesma forma que uma pessoa “normal”. A diferença é que, enquanto nós temos os pensamentos “organizados”, os deles estão totalmente perdidos e misturados, e eles não têm noção se alguma coisa aconteceu há dois anos ou dois dias E COM ISSO ESQUECEM AS COISAS COM FACILIDADE. Todas as sensações (dos orgãos dos sentidos) são sentidas mais fortes e é o que lhes chamam a atenção. E, quando isso acontece, eles precisam correr atrás dessa coisa que os está “chamando”, ou isso lhes causa uma espécie de dor da qual eles não sabem controlar. Eles sabem que não é certo  fazer isso, mas de alguma forma, não conseguem evitar. 
O livro contem  belas ilustrações em preto e branco, 58 perguntas diretas que Naoki responde sobre sua condição, e alguns contos de ficção que ele mesmo escreveu, O que me faz pular é um livro que todos deveriam ler principalmente pedagogos que atuam na área de crianças especiais e por que não os próprios pais de crianças autistas? Além de conhecer a doença, você passa a compreender melhor essas pessoas e aceitá-los da forma que são.
Para eles é uma luta diária conviver consigo mesmo, tentar fazer o que está próximo compreender porque eles agem assim. Super recomendo esse livro, e é incrível o que se passa dentro da cabecinha deles.
" Mas, quando pulo, é como se meus sentimentos rumassem em direção ao céu. […] Quando estou pulando, posso sentir melhor as partes do meu corpo – as pernas saltando, as mãos batendo -, e isso me faz muito, muito bem."  página: 87 .




terça-feira, 12 de abril de 2016

LIVRO SÓ VOCÊ ( RESENHA) DE MANU ROLIM

Olá amoricos, hoje trago uma pequena resenha desse livro da minha mais nova parceria com a autora Manu Rolim.



Título: Só você
Autora: Manu Rolim
Páginas: 224 páginas 
Ano: 2015
Editora: Novo Século


sinopse:
A linda estudante pernambucana Ellis decide passar suas férias de verão na paradisíaca Praia dos Reis, onde se envolve na relação mais sensual e intensa de sua vida com um homem irresistivelmente atraente e possessivo: o médico Felipe. Acostumado a ter todas as mulheres que deseja e descartá-las em seguida, logo percebe que com essa garota as coisas seriam diferentes. Felipe está disposto a fazê-la só dele e não medirá esforços para isso. Um verão com muita paixão, muito sexo, muita intensidade... Dizem que amor de verão não dura para sempre. Será esse capaz de superar o ciúme, a distância e a volta à realidade?



Só você conta a história de Ellis , uma jovem linda , inteligente e encantadora.
Ellis é uma futura nutricionista que depois de algumas crises emocionais resolve fazer uma viagem à praia com seus amigos Debi e Gu, onde passarão o verão todo por lá.
Lá eles conhecem outras pessoas e se tornam  amigos e daí começam as atrações, intrigas e paixões e os amores de verão.
Toda a história começa a se desenrolar á partir de uma festa.
A relação de amizade  entre os personagens é bem bacana e contagiante.
A história tem muito sexo selvagem, a autora soube deixar o  o livro bem caliente.
Muitas "cenas" calientes e bem sensuais, ciumes e principalmente insegurança rolam nessa história com uma personagem que digamos seja hum,um pouco dificil, que você não pode deixar de conferir!
E que venha o segundo livro!

"estava perdidamente apaixonada...O que antes me dava

medo de admitir agora me fazia sorrir".


Sobre a autora:


Nascida em Arcoverde no sertão pernambucano,ela é  fonoaudiologa e  microempresaria  . Em 2015 resolveu se aventurar no mundo da escrita ,onde seu primeiro livro foi só você. O segundo já está a caminho : Sempre Você.

E que venha o segundo...


domingo, 10 de abril de 2016

O DIÁRIO DE HELGA (RESENHA)


OLÁ LEITORES , HOJE TRAGO A RESENHA DO  DIÁRIO DE HELGA

Nascida em 1929, Helga era uma menina entrando na adolescência quando a guerra começou. Ela vivia em Praga com seus pais, e é aí que começa a primeira parte do diário, que também contempla o período em que ela viveu no campo de concentração de Terezín, além de suas passagens por Auschwitz, Freiberg, Mauthausen e seu retorno a Praga.
Quando Helga inicia o seu diário ainda em Pragas , fica clara a inocência de suas palavras em relação a boa parte do que está acontecendo no momento, mas também convem observar a sua inteligência e curiosidade em relação aos fatos.  Na primeira parte do livro  é relatado como se vivem as pessoas que estão ameaçadas  tragicalmente pela guerra, até a completa imersão no inferno nazista. As primeiras reações são as fugas para os porões por medo de ataques aéreos, os pais sempre atentos às notícias do rádio. O clima de tristeza e medo  na escola quando se soube que o exército alemão invadiu a Tchecoslováquia foi sufocante. Logo que o Reich alemão assume a situação, o antissemitismo começa a crescer, e ordens antijudaicas não tardam a aparecer. 
Os judeus foram proibidos a terem  acessos há alguns lugares públicos , até o envio para campos de concentração não demora muito  até que chega a inevitável notícia do transporte da sua família, que nada mais é do que a transferência para um campo de concentração.
Já na segunda parte de seu diário Helga narra o período em que eles estiveram em Terezín, que era tido como um “campo de concentração modelo”. Mas coisas só pioram com o tempo. Foram separadas do pai, mas mãe e filha por sorte continuaram juntas.   E à medida que o tempo passa, as coisas  só pioram : todas são obrigadas a raspar a cabeça, dormir em lugares imundos, passaram fome, foram infectadas por doenças e receberam maus tratos .
O LIVRO TRAZ GRAVURAS QUE A PRÓPRIA HELGA DESENHAVA E ALGUMAS FOTOS DE ALBUM DE FAMÍLIA.




  Uma das passagens mais intrigantes do diário:
“Todos os carros fúnebres estão em uso. Pela primeira vez levam uma carga viva. E, no entanto, não poderia ser mais apropriado. Aonde esses destroços de seres humanos irão? Onde serão jogados seus corpos? Ninguém chorará por eles, ninguém lamentará sua morte. Até que, um dia, sejam mencionados em nossos livros escolares. Aí, o único título apropriado será: ‘Enterrados vivos’”.
Concordo plenamente com Helga quando ela responde a pergunta de sua entrevista Porque  deveríamos ler mais sobre relatos de holocaustos e fala: Principalmente por ser verdadeiro. Coloquei nele meus sentimentos, esses sentimentos são intensos, comoventes e principalmente verdadeiros. E, talvez, por ser narrado naquela forma um pouco infantil, é acessível, expressivo, e creio que ajudará as pessoas a entender aqueles tempos.

É UM LIVRO TOCANTE , UMA HISTÓRIA REAL E NÃO TEM COMO NÃO SE EMOCIONAR, SENTIR UM POUCO DA DOR DO PRÓXIMO SEMPRE NOS FAZ BEM E NOS ENSINA A EVOLUIR COMO SERES HUMANOS E A ENXERGAR AS COISAS DE OUTRA MANEIRA.
ESPERO QUE TENHAM GOSTADO E QUE LEIAM E ATÉ A PROXIMA RESENHA.


ESSA É HELGA HOJE QUE GRAÇAS A DEUS CONTINUA VIVA!

quinta-feira, 7 de abril de 2016

LANÇAMENTO DO LIVRO DIA DE SOL EM TEMPO DE CHUVA

OLÁ POVO LINDO! HOJE VENHO TRAZER PARA VOCES UM CONVITE ESPECIAL À COMPARECEREM NO DIA 14 DE ABRIL À PARTIR DE  19;30  NA EMBAIXADA DE PORTUGAL EM BRASÍLIA , PARA O LANÇAMENTO DO LIVRO DIA DE SOL EM TEMPO DE CHUVA DA AUTORA CLARA ARREGUY.
E TEM MAIS!!! ALÉM DO LANÇAMENTO DO LIVRO DA AUTORA,  AINDA TERÁ UMA EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIAS SOBRE PORTUGAL COM O FOTÓGRAFO PAULO DE ARAÚJO ! E AÍ VAI PERDER!?


ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS ( RESENHA)

BOA TARDE LEITORES QUE ADORAM ALICE ,HOJE VIM FAZER UMA POSTAGEM DESSE LIVRO QUE LI JÁ UM TEMPO ATRAS E QUE COMPREI NA AVON.

SinopseObra prima criada pelo escritor inglês Lewis Carroll, no século XIX, Alice no País das Maravilhas imortalizou-se na literatura mundial como uma fábula capaz de encantar adultos e crianças. Uma ficção sem igual que se tornou sucesso há mais de cem anos e ainda hoje é um clássico obrigatório para leitores de todas as idades.
O livro conta a história de uma menina curiosa que decide seguir um coelho branco, quando de repente cai em sua toca e é levada a um reino onírico, onde convive com criaturas estranhas e se envolve nas mais inusitadas aventuras. Neste universo inesperado, não há limites entre sonho e realidade.
Mais do que uma obra ficcional infanto-juvenil, Alice no País das Maravilhas é uma alucinante viagem por um mundo nada óbvio em que imaginação, desafios de lógica, jogos de palavras e situações nonsense combinam-se de maneira única e inesquecível.

Alice's Adventures in Wonderlandé a obra mais conhecida de Lewis Carroll (1832-1898), sendo considerada obra clássica da literatura inglesa. O livro conta a história de uma menina chamada Alice que cai na toca de um coelho e vai parar num lugar fantástico povoado por criaturas sinistras.
Carroll também faz alusões a poemas da era vitoriana .

É um livro que todo mundo precisa ter um na estante. Ele é clássico,fofinho, uma história ótima, divertida com gravuras e cheia de personagens marcantes. 

Essa versão  é  publicada pela editora Universo dos Livros, com ilustrações de Luciana Ruivo.



Alice no País das Maravilhas, apesar de confuso e claro muitoooo maluco, é um livro bastante interessante e também divertido.
 Não devemos abandonar nossos sonhos. É essa a lição que o livro trás na minha opinião, pois sem eles, nossa vida não tem graça,não mesmo!

domingo, 3 de abril de 2016

RESENHA DO LIVRO MAR DA TRANQUILIDADE

Olá leitores lindos hoje trago para vocês a resenha desse super livro que eu já amo,amo,amo ; Mar da Tranquilidade.





Título: Mar da Tranquilidade
Autor: Katja Millay
Editora: Arqueiro
Nº de págs: 368
Onde comprar: Saraiva

SINOPSE:

Nastya Kashnikov foi privada daquilo que mais amava e perdeu sua voz e a própria identidade. Agora, dois anos e meio depois, ela se muda para outra cidade, determinada a manter seu passado em segredo e a não deixar ninguém se aproximar. mas seus planos vão por água abaixo quando encontra um garoto que parece tão antissocial quanto ela. É como se Josh Bennett tivesse um campo de força ao seu redor. Ninguém se aproxima dele, e isso faz com que nastya fique intrigada, inexplicavelmente atraída por ele.
A história de Josh não é segredo para ninguém. Todas as pessoas que ele amou foram arrancadas prematuramente de sua vida. Agora, aos 17 anos, não restou ninguém.
Quando seu nome é sinônimo de morte, é natural que todos o deixem em paz. Todos menos seu melhor amigo e Nastya, que aos poucos vai se introduzindo em todos os aspectos de sua vida.
À medida que a inegável atração entre os dois fica mais forte, Josh começa a questionar se algum dia descobrirá os segredos que Nastya esconde - ou se é isso mesmo que ele quer.
Eleito um dos melhores livros de 2013 pelo School Library Journal, Mar da Tranquilidade, é uma história rica e construída de forma magistral.
Seus personagens parecem saltar do papel e, assim como na vida, ninguém é o que aparenta à primeira vista. Um livro bonito e poético sobre companheirismo , amizade e o milagre das segundas chances.


RESENHA:
Vou começar falando pela escrita da autora que é bem convidativa ,tornando o livro mais fácil de compreender, narrado em primeira pessoa e alternados entre Nastya e Josh , ambos  personagens marcados pelos grandes traumas que a vida lhe preparou.

Nastya; Que garota é essa gente?! Forte, linda e determinada, e Josh nem se fala né! Lindo, carinhoso, protetor.
De início as situações dos personagens se apresentam aos poucos aos leitores como uma trama, um mistério que aos poucos vai se desvendando, ( o que nos mata de curiosidade e querer acabar logo o livro para descobrir o mistério, adoro isso) .



Nastya sofre com um segredo "escondido" quase a sete chaves e que só é revelado quase no finalzinho do livro. Ela tem medo de abrir seu coração para o amor devido ao  trauma que sofreu em sua vida.
 Mas até que a verdade seja exposta , a autora consegue nos envolver no enrendo , Katja tem uma forma diferente de nos fazer sentir a dor dos personagens, isso é mágico, a linguagem dela é absolutamente incrível.

O amor entre Nastya e Josh vai se alimentando e crescendo aos poucos e com intensidade, ambos não tem pressa, tudo acontece naturalmente.
Terminei o livro com gostinho de quero mais, consegui sentir um pouco da dor de Nastya, e porque não de Josh, esse livro daria um filme daqueles de se tirar o folego.



 Como sempre gosto de falar da capa , a capa é lindaaa. Leiam e irão gostar!
Mais um lindo e fofo para minha lista de favoritos da Arqueiro, que só cresce.

 Bjos e até a próxima resenha!


NA ILHA ( RESENHA)


Boa tarde, estou atualizando todas as minhas leituras atrasadas e hoje será esse livro A ilha ,o qual li durante minhas férias e na praia, aha.




Autor:Tracey Garvis Graves
Editora: intrinseca
nº de páginas:285







Sinopse: Na Ilha - Anna Emerson é uma professora de inglês de 30 anos desesperada por aventura. Cansada do inverno rigoroso de Chicago e de seu relacionamento que não evolui, ela agarra a oportunidade de passar o verão em uma ilha tropical dando aulas particulares para um adolescente. T.J. Callahan não quer ir a lugar algum. Aos 16 anos e com um câncer em remissão, tudo o que ele quer é uma vida normal de novo. Mas seus pais insistem em que ele passe o verão nas Maldivas colocando em dia as aulas que perdeu na escola. Anna e T.J. embarcam rumo à casa de veraneio dos Callahan e, enquanto sobrevoam as 1.200 ilhas das Maldivas, o impensável acontece. O avião cai nas águas infestadas de tubarão do arquipélago. Eles conseguem chegar a uma praia, mas logo descobrem que estão presos em uma ilha desabitada. De início, tudo o que importa é sobreviver. Mas, à medida que os dias se tornam semanas, e então meses, Anna começa a se perguntar se seu maior desafio não será ter de conviver com um garoto que aos poucos torna-se homem.

É um super livro leve e bem romântico , gostoso de ler.
Os personagens ficam presos numa ilha depois de um naufrágio, lá passam privações, enfrentam grandes perigos, ficam expostos à doenças e outros riscos, juntos os dois só tedem à amadurecer e descobrir o amor dia após dia.
O livro tem uma narrativa em primeira pessoa , o que o deixa mais fácil de ler, e os capítulos são alternados.
Só que essa história caros leitores tem uma grande reviravolta que eu gostaria de contar, mas não vou se não já sabe né, é spoilers na certa. Leiam e vocês irão gostar.
Esse já está entre o meus preferidos.
Boa leitura.


sábado, 2 de abril de 2016

O PEQUENO PRÍNCIPE EDIÇÃO D LUXO ( RESENHA)


Título Original: Le Petit Prince
Autor: Antoine de Saint-Exupéry
Editora: Geração
Ano: 2015
Gênero: Literatura Infanto-juvenil
Páginas: 160
Acabamento: Capa Dura





Sinopse: O Pequeno Príncipe - Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida. Com essa história mágica, sensível, comovente, às vezes triste, e só aparentemente infantil, o escritor francês Antoine de Saint-Exupéry criou há 70 anos um dos maiores clássicos da literatura universal. Não há adulto que não se comova ao se lembrar de quando o leu quando criança. Trata-se da maior obra existencialista do século XX, segundo Martin Heidegger. Livro mais traduzido da história, depois do Alcorão e da Bíblia, ele agora chega ao Brasil em nova edição, completa, com a tradução de Frei Betto e enriquecida com um caderno ilustrado sobre a obra e a curta e trágica vida do autor. 

Esse livro na verdade nada mais é do que uma releitura de um dos maiores e belos clássicos do autor Antoine de Saint -Exupery que ganhou essa nova ,linda e exuberante edição de luxo publicada pela editora nova geraçao .
Se por um acaso ainda desconhece o livro, este livro nos conta a história de um piloto que após uma pane em seu avião acaba passando alguns dias perdido no deserto do Saara, onde encontra um garoto louro que se diz ter vindo de um planeta muito distante. O piloto preocupado em se manter vivo e hidratado, enquanto conserta seu avião, acaba não tendo muita paciência com o garotinho, porém as lembranças contadas pelo Pequeno Príncipe, desperta no piloto varias emoções que o faz repensar os valores e o verdadeiro sentido da vida.

As imagens são bem ampliadas e lindas, as páginas são bem coloridas e uma fonte linda desenhada no começo de capitulo, deu um novo aspecto ao livro, como diz a própria edição : coisa luxuosa mesmo! A capa dura e o titulo tem um dourado em auto relevo, as ultimas folhas trás um resumo da vida do autor, com fotos e que eu nem mesmo conhecia.



Eu já tinha trabalhado em uma escola chamada o pequeno príncipe, uma escola encantadora e fiquei curiosa para ler o livro mas no corre corre do dia a dia de professor nunca tive tempo, mudei de ramo e na primeira oportunidade comprei o livro que logo de cara mim apaixonei e agora querendo muito a minha ediçao poket que está lindaaa!










A BOA VIDA ( RESENHA )

Olá leitores, trago a resenha de um livro super fofinho, que traz mensagens lindas para refletirmos que sempre é possível termos uma vida boa e às vezes temos e nem percebemos.

AUTOR : ALEX ROVIRA
EDITORA: SEXTANTE
Nº DE PAGS: 118



SINOPSE:
O que é a vida? Desde o começo dos tempos, filósofos, cientistas, poetas e escritores vêm tentando defini-la. Em 'A Boa Vida', Álex Rovira amplia essa questão, nos fazendo refletir sobre a qualidade de nossa existência e demonstrando que cada um de nós carrega em si a chave para a própria felicidade.

O autor nos revela que o caminho para uma boa vida deve ser construído a partir de elementos fundamentais, como amor, responsabilidade, humildade, gratidão, bondade, prazer e ternura. Ele nos chama a atenção para o fato de que essa trilha não é individual: para alcançar a plenitude precisamos que aqueles que estão à nossa volta também sejam felizes.

Embora ao longo dessa jornada sejamos constantemente testados, devemos nos manter firmes em nossos propósitos, seguindo sempre o ritmo de nossos corações. Se o pessimismo e o desânimo vierem interromper nossos passos nessa trajetória, caberá a nós recuperar o otimismo, a sinceridade, a perseverança.

Com uma narrativa inspiradora, Rovira nos mostra a importância de confiar, de tomar decisões, de valorizar e desfrutar o que temos, demonstrando que a realização de nossos sonhos se esconde nos pequenos detalhes do nosso dia a dia. Suas palavras nos incentivam a perseguir nossos ideais, evidenciando que o caminho se trilha com “os pés no chão e o olhar voltado para as estrelas”.


Nesse livro o autor nos mostra a importância de sempre pensar positivo, ter auto estima ,perseguir nossos ideais e tenta fazer-mos enxergar que carregamos dentro de nós a chave para a nossa propria felicidade.
Numa linguagem clara e objetiva ele destaca algumas citações e poemas e seu foco principal é que : para alcançarmos uma plenitude de vida boa,é preciso fazer felizes aqueles que estão à nossa volta também usando elementos como bondade, gratidão,ternura e amor.
o Livro tem uma capa fofa e é bem leve de ler, super indico, pois é um livro de autoajuda.



" Somos aquilo em que acreditamos !" PÁG: 47.

Super recomendo a leitura desse livro, bjinhos e até a próxima.